Beatriz Berman

Obras disponíveis no acervo


Beatriz Berman

Buenos Aires, Argentina (1948 – 2017)

Pintora, gravadora, desenhista, ilustradora. Faz seus primeiros contatos com a pintura com uma professora particular, durante a infância. Em 1962 inicia seus estudos na Escola Nacional de Belas Artes Manuel Belgrano, em Buenos Aires, e monta seu primeiro atelier e oficina de gravura num quarto nos fundos da casa dos pais. Em 1969 viaja a Israel realizando várias exposições em Tel Aviv, Jerusalém e Haifa, patrocinadas pela Embaixada Argentina no país. Deixa a Argentina em 1976, durante a ditadura militar, e fixa residência no Brasil. Nessa época o professor Pietro Maria Bardi, diretor do Masp, conhece seu trabalho e a convida a fazer uma exposição individual no museu, em agosto de 1978. Trabalha como ilustradora desde 1975. Em 1980, realiza as capas dos livros Maldição a todos que leiam estas páginas e O Beijo da Mulher Aranha, de Manuel Puig, edições de Bolso da Editora Record. Em 1985, lança o livro Las viudas de Carlos Gardel. Ilustra o livro Ou isto ou aquilo de Cecília Meireles, publicado pela editora Nova Fronteira, em 1989. Desde 1988, realiza figurinos e cenografia de peças teatrais, em São Paulo e no Rio de Janeiro. Faz os cartazes do 10º e 11º Rio Cine Festival – Festival Internacional de Cinema, Televisão e Vídeo, em 1994 e 1995.