Santa Rosa

Obras disponíveis no acervo


Santa Rosa

Chegou em 1932 no Rio de Janeiro, onde trabalhou inicialmente em arte gráfica no Serviço de Documentação do Ministério da Educação e Saúde. Foi capista e ilustrador de livros, tendo realizado muitos trabalhos para a Editora José Olympio – dos quais podemos destacar capas para livros de Octávio de Faria, Lúcio Cardoso, Graciliano Ramos, José Lins do Rego etc. No Rio, foi professor da Escola Nacional de Belas Artes, do Museu de Arte Moderna e da Fundação Getúlio Vargas. Dedicou-se paralelamente ao teatro e à literatura. Segundo Quirino Campofiorito, “(Santa Rosa) foi também jornalista, crítico de arte e escritor, sempre destacando-se pelo talento e o entusiasmo com que se ligava ao movimento renovador, tanto das artes plásticas como do teatro e demais setores em que atuava”.